Vitamina D – A vitamina do Sol!

04/07/2017 00:00

A vitamina D é sem dúvida a vitamina mais importante que alguém poderia tomar. Ela é realmente um hormônio; não é nem mesmo uma vitamina e isso afeta todo o nosso corpo. Sempre que se sentir cansado ou com baixo consumo de energia – é bem possível seus níveis de vitamina D estejam baixos. Ela ajuda o corpo a utilizar o cálcio a partir de uma dieta que é essencial para nós, como seres humanos para manter a força dos ossos. Se acha que está com sintomas de uma deficiência de vitamina D, é importante fazer o teste e tratar porque esta deficiência pode deixar os ossos finos, quebradiços ou disformes

Ao longo dos anos muitos estudos têm mostrado a deficiência de vitamina D pode levar a doenças cardíacas, diabetes, demência, câncer de próstata agressivo e Alzheimer. Um novo estudo publicado no The Journal of Clinical Endocrinology Metabolism explorou a importância da vitamina D relacionada com a saúde do coração. A ligação foi feita entre as crianças que têm níveis baixos de vitamina D que enfrentam doenças cardíacas quando ficam adultas. Saiba mais sobre essa conexão entre doença cardíaca e baixo nível de vitamina D.

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

A vitamina D ajuda a construir o cálcio em seu corpo e fortalece os ossos e dentes;

Diminui o risco de osteoporose, diabetes, demência e alguns tipos de câncer incluindo o de mama, do cólon, da próstata, do ovário, do esôfago e linfático;

Ajuda a diminuir os níveis de pressão arterial e hipertensão;

Regulariza o sistema imunológico;

Estudos têm mostrado que pode diminuir a esclerose múltipla em mulheres.

VOCÊ TEM DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D?

A única maneira de confirmar que se você tem deficiência de vitamina D é obter um exame de sangue para testar seus níveis de vitamina. Entretanto, se você estiver enfrentando qualquer um dos seguintes sinais ou sintomas, deve fazer o teste o quanto antes:

Você está com 50 anos ou mais. À medida que envelhecemos, nosso organismo não produz tanta vitamina D como resultado da exposição ao sol. Os rins também são menos capazes de converter a vitamina D na forma que é usada por nossos corpos. Quando ficamos mais velhos, tendemos a passar mais tempo dentro de casa devido a determinadas condições de saúde ou a incapacidade de ser tão fisicamente ativos e, portanto, temos ainda menos exposição ao sol;

Você tem problemas gastrointestinais. Como mencionado antes, a vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura, o que significa que se você tiver uma condição gastrointestinal que afeta sua capacidade de absorver a gordura, pode ter uma menor absorção de vitaminas lipossolúveis como a vitamina D também. Tendo em condições gastrointestinais que ocorrem no intestino, como a doença de Crohn, doença celíaca, sensibilidade ao glúten e doença inflamatória do intestino pode ser sinal de que não está recebendo quantidade suficiente de vitamina D;

Muitas pessoas vão ao médico queixando-se de dores em seus ossos e muitas vezes são diagnosticadas como tendo síndrome da fadiga crônica ou fibromialgia. Isto é especialmente verdadeiro se a pessoa também está reclamando de fadiga. No entanto, estes são também sinais de deficiência de vitamina D, a osteoartrite, uma doença crônica nas articulações, pois limita a capacidade de colocar cálcio no esqueleto, o que pode resultar em dores nos ossos;

Seu humor está afetado. A quantidade de serotonina que seu corpo produz está ligada à quantidade de exposição ao sol que você recebe. A serotonina é naturalmente produzida pelo cérebro e nos faz sentir feliz e de bom humor. Nosso corpo produz mais serotonina quando estamos mais exposição ao sol, e produz menos serotonina quando chegarmos menos exposição ao sol.

Agora que você conhece a importância da Vitamina D em sua vida, comece já com a suplementação e sinta seus benefícios!