Tudo sobra a Vitamina C

08/08/2017 00:00

O que é vitamina C?

A vitamina C (também conhecida como ácido ascórbico) é abundante encontrada em vegetais e frutas. Uma vitamina solúvel em água e poderoso antioxidante, ajuda o corpo a formar e manter o tecido conjuntivo, incluindo ossos, vasos sanguíneos e pele.

O que faz a vitamina C? Quais são alguns benefícios de vitamina C?

A vitamina C ajuda a reparar e regenerar os tecidos, a proteger contra doenças cardíacas, auxiliar na absorção de ferro, prevenir o escorbuto e diminuir o colesterol total e LDL (“ruim”) e triglicerídeos. As pesquisas indicam que a vitamina C pode ajudar a proteger o organismo contra uma variedade de cânceres combatendo os radicais livres e ajudando a neutralizar os efeitos dos nitritos (conservantes encontrados em alguns alimentos embalados que podem aumentar o risco de certas formas de câncer). A vitamina C suplementar também pode diminuir a duração e os sintomas de um resfriado comum, ajudar a atrasar ou prevenir cataratas e apoiar a função imune saudável.

Quais são os sinais de uma deficiência de vitamina C?

Os sintomas de deficiência incluem fadiga, fraqueza muscular, dores articulares e musculares, sangramento de gengivas e erupções nas pernas. A deficiência prolongada pode causar escorbuto, uma doença rara, mas potencialmente grave.Como você obtém vitamina C suficiente através da ingestão de alimentos?A vitamina C é fácil de obter através de alimentos, porque muitas frutas e vegetais contêm vitamina C. As boas fontes incluem: maçãs, espargos, bagas, brócolis, repolho, melão (melão, amendoim, melancia), couve-flor, frutas cítricas (limões, limas, Laranjas), kiwi, alimentos fortificados (pães, grãos, cereais), verduras de folhas escuras (couve, espinafre), pimentas (especialmente pimentões vermelhos, que têm entre os mais altos por conteúdo de vitamina C), batatas e tomates.

Existem riscos associados a super dosagem de vitamina C?

Quando obtido de fontes alimentares e suplementos nas dosagens recomendadas, a vitamina C é geralmente considerada segura. Os efeitos secundários raramente são relatados, mas incluem diarreia, náuseas, cólicas abdominais e outros sintomas gastrointestinais. Para a maioria dos indivíduos saudáveis, o corpo só pode segurar e usar cerca de 200-250 mg de vitamina C por dia, e qualquer excesso é perdido através da urina. Em momentos de doença, durante a recuperação de lesões, ou em condições de aumento do estresse oxidativo (incluindo fumar), o corpo pode usar quantidades maiores da vitamina. As altas doses de vitamina C (maior que 2.000 mg / dia) podem contribuir para a formação de cálculos renais, além de causar diarreia grave, náuseas e gastrite.

Existem outras considerações especiais?

Podem ocorrer afecções adversas entre a vitamina C e fármacos anticoagulantes, como a varfarina (Coumadin), diminuindo a sua ação. Os produtos de nicotina, contraceptivos orais / estrogênios, tetraciclinas, barbitúricos e aspirina podem diminuir os níveis de vitamina C.

A vitamina C pode aumentar a absorção de ferro e luteína. Embora algumas evidências sugerem que grandes doses de vitamina C suplementar podem interferir na absorção e metabolismo da vitamina B12 encontrados em alimentos, outros estudos não mostraram tais efeitos.