Óleo de Prímula: riscos e benefícios

04/12/2017 00:00

Prímula é uma planta nativa da Europa e da América do Norte. Tem uma longa história de usos medicinais. Os nativos americanos, por exemplo, usaram suas folhas, raízes e semeadores em preparações para hemorróidas, contusões, feridas e problemas de pele.

O óleo de onagra ou prímula contém um ácido graxo essencial de omega-6 que é necessário para uma boa saúde. No entanto, embora haja alguma evidência de que tomar suplementos de óleo de onagra pode beneficiar algumas condições de saúde, os resultados do estudo são misturados.

Por que as pessoas usam o óleo de prímula?

Os suplementos de óleo de prímula estão geralmente em forma de cápsula. As pessoas tomam isso para tentar tratar condições como:

Controla a pressão.

Alívio das dores da artrite.

Síndrome pré-menstrual (SPM)

Eczema ou dermatite atópica e outras condições da pele

Dor mamária durante a menstruação

Asma

Perda de peso: aliado ao exercício físico, o óleo de prímula ajuda na redução da gordura

Reduz colesterol

Cabelos: ajuda na nutrição dos fios

Ossos: combinado com o Ômega 3, ajuda na absorção do cálcio.

Há uma boa pesquisa mostrando que o óleo de onagra ou prímula pode ser útil em eczema ou dermatite atópica. E alguns estudos sugerem que os suplementos que contêm ácido gama-linolênico (GLA), incluindo óleo de prímula, podem ser benéficos para pessoas com artrite reumatoide. Mas é necessária mais pesquisas sobre o uso de óleo de onagra para ambas as condições.

O óleo de prímula também foi usado como um tratamento complementar para alguns tipos de câncer. Novamente, não há evidências suficientes para apoiar esse uso.

Você pode obter óleo de prímula de forma natural dos alimentos?

GLA, pensado para ser o ingrediente ativo no óleo de prímula, pode ser encontrado em pequenas quantidades em uma variedade de fontes de alimentos. No entanto, é mais concentrado em óleos vegetais, como óleo de prímula e óleo de borragem. As doses utilizadas na maioria dos ensaios clínicos seriam difíceis de obter a partir de fontes alimentares.

Quais são os riscos de tomar o óleo de onagra ou prímula?

A maioria das pessoas tolerará o óleo de onagra sem complicações. Mas tenha em mente que houve relatórios de efeitos colaterais como: Dor de cabeça, Estômago enjoado, Náusea, Tontura, Erupção cutânea. O óleo de onagra pode aumentar o risco de sangramento entre pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes e antiplaquetários. Também pode aumentar o risco de convulsões, bem como náuseas e vômitos graves para pessoas que tomam uma classe de drogas conhecidas como fenotiazinas. Essas drogas são usadas para tratar esquizofrenia e outros distúrbios psicóticos. Por isso, consulte seu médico para verificar as indicações.

Onde posso comprar óleo de prímula em cápsulas?

Em nosso site clicando aqui.